Como montar um plano de negócios?

Entenda o que é um plano de negócios e saiba por quais razões ele é tão importante para a sua empresa.

Independentemente do tamanho da sua empresa ou da sua área de atuação, uma coisa é certa: você precisa de um plano de negócios. Esse documento servirá como uma espécie de guia, permitindo que você estabeleça metas e trabalhe pelo crescimento da empresa.

Para os empreendedores que estão começando a jornada, muitas dúvidas podem surgir neste momento: como elaborar um plano de negócios e quais informações devem constar nele, por exemplo. Nesse artigo, apresentamos de maneira objetiva tudo que você precisa saber para montar o seu.

O que é e para que serve um plano de negócios?

Um plano de negócios nada mais é do que um documento no qual são descritos os objetivos de um negócio e quais são as estratégias que serão utilizadas pela empresa para alcançá-los. A ideia é que a partir de informações mais detalhadas, como pesquisas de mercado, as decisões possam ser tomadas de forma mais assertiva, minimizando as chances de erro.

Muitos empreendedores deixam de lado a elaboração deste documento, acreditando “vão se lembrar de tudo o que precisam”. Esse é um grande engano. O plano de negócios serve não apenas para consulta dos gestores, mas também para apresentações da empresa e para obtenção de investimentos.

Uma empresa sem um plano de negócios pode ser vista com desconfiança por investidores e pode até mesmo ter o crédito negado junto aos bancos. Assim, podemos dizer ainda que um plano de negócios permite:

1. Traçar estratégias mais efetivas: quando as metas e os objetivos são colocados no papel, todos os membros da equipe têm maior clareza sobre que que caminhos devem seguir na hora de tomar decisões – e cometem menos erros por conta disso.

2. Estabelecer metas e objetivos para as suas equipes: para que não haja o risco de a sua empresa desviar do foco, as metas e objetivos traçados auxiliam a companhia a perseguir ideais que realmente importam. O que for secundário pode ser deixado para outro momento.

3. Planejar o crescimento em médio e longo prazo: como você imagina a sua empresa daqui a seis meses ou daqui a dois anos? É o planejamento que define quais são os próximos passos. Ter um documento com essas informações organizadas auxilia os gestores a se programarem com antecedência.

4. Captar mais investimentos: já mencionamos aqui que sem um plano de negócios muitos investidores nem sequer irão olhar para as suas propostas. O documento auxilia ainda na busca por financiamentos e pode resultar em taxas mais baixas. Empresas organizadas apresentam menor risco.

5. Crescer: por fim, é difícil imaginar uma empresa crescendo sem que esteja estrutura sobre bases sólidas. O plano de negócio é essa fundação que dará sustentação aos projetos e investimentos da companhia, permitindo que ela cresça e atinja seus principais objetivos.

Como elaborar e implementar um plano de negócios eficiente?

Agora que você já compreendeu o quanto um plano de negócios é importante, chegou a hora de saber como elaborar e implementar esse documento na sua empresa. O ideal é que ele comece a ser produzido antes mesmo do negócio existir, mas se a sua empresa já está atuando você pode desenvolvê-lo da mesma maneira.

Business Model Canvas – Quadro de Modelo de Negócios

Uma das formas mais simples de iniciar o seu plano de negócios é utilizando o Business Model Canvas – ou Quadro de Modelo de Negócios. Trata-se de um modelo visual proposto pelo empreendedor suíço e escritor Alexander Osterwalder no início dos anos 2000.

A ideia é que em um quadro principal a empresa consiga responder a nove questões: parcerias chave, atividades chave, recursos chave, proposta de valor, relacionamento, canais, segmento de clientes, estrutura de custos e fontes de receita.

Pense no plano de negócios como um guia para o seu trabalho no dia a dia, uma espécie de mapa da mina que poderá ser atualizado sempre que necessário. Além disso, no documento propriamente dito há outros itens que devem estar presente. Entre eles, destacamos os seguintes:

  • Dados dos sócios e da empresa: inicialmente o documento deve identificar quem são os sócios e os responsáveis pela empresa. Além disso, devem constar informações como missão da companhia, valores e ramo de atividade.
  • Regime tributário: é preciso indicar ainda qual é a forma jurídica da sua empresa (MEI, ME, EIRELI, entre outras), pois isso impacta diretamente nos impostos que incidem sobre o seu negócio. A empresa pode optar ainda pelo Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido.
  • Análise de mercado: nesse item você analisará quais são as empresas que já existem no segmento e que concorrem diretamente com você. Indique pontos fortes e pontos fracos delas e veja quais são as oportunidades para a sua companhia.
  • Plano de marketing: aqui você descreverá quais são os canais e as formas de comunicação que serão utilizados para atrair novos clientes. Por melhor que seja o seu trabalho, um bom plano de marketing é essencial para que as pessoas saibam que a sua empresa existe.
  • Plano operacional: esse item descreve a forma de funcionamento da sua empresa. Os detalhes operacionais incluem a divisão por setores, a atribuição de responsáveis e as metas de cada um dos gestores da sua companhia.
  • Plano financeiro: o plano financeiro nada mais é do que um detalhamento das suas previsões de gastos e recebimentos. Lembre-se que seu objetivo principal é obter lucro, portanto é preciso ter mais recebíveis a longo prazo do que despesas.
  • Avaliação estratégica: por fim, no último tópico é o momento de fazer uma avaliação geral de tudo aquilo que foi citado anteriormente. Explore as oportunidades e seus pontos fortes, mas não deixe de mencionar aspectos que precisam ser desenvolvidos para que a empresa se torne mais competitiva.

…..

O plano de negócios é um dos documentos mais importantes que uma empresa deve elaborar. Acredite: sua estruturação é mais simples do que parece e ele será de muita utilidade na tomada de decisões. Para que o seu negócio cresça, é preciso que cada passo seja planejado. Use e abuse dessa ferramenta para obter os melhores resultados.

Fonte: https://blog.sage.com.br/como-montar-um-plano-de-negocios-2/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo