Contabilidade para não contadores: o que você precisa saber!

Você não precisa ser especialista em contabilidade para empreender, lógico! Mas se você é um empreendedor, quer seja Microempreendedor Individual (MEI), quer seja dono de uma empresa de qualquer tamanho, é essencial saber o básico do assunto.

A importância da contabilidade vai muito além do pagamento adequado de impostos.
Fonte: iStock

Mesmo que você tenha contratado um contador – uma medida de segurança adotada por muitos empreendedores – ainda assim vale a pena conferir estas ótimas informações e dicas de contabilidade para não contadores!

Antes de mais nada: o que é contabilidade?

A contabilidade é a ciência que estuda o Patrimônio de entidades, registrando e controlando suas movimentações e variações. Esse controle é essencial não apenas para manter um histórico patrimonial, acompanhar e analisar fluxos de caixa, receitas, lucros e prejuízos e cumprir com obrigações fiscais, mas também para traçar planos e tomar boas decisões.

Ou seja, embora muita gente corra atrás de um contador para não ter problemas com o pagamento de impostos e a declaração de renda, a contabilidade vai muito além disso.

Termos de contabilidade que não contadores precisam saber

É preciso conhecer alguns conceitos básicos de contabilidade para começar a entender melhor o assunto. Confira alguns deles, abaixo.

Patrimônio e balanço patrimonial

  • Patrimônio: conjunto de bens, direitos e obrigações de uma pessoa ou entidade (pessoa jurídica pública ou privada), ou seja, é o conjunto de ativos e passivos.

  • Ativo: a parte positiva do patrimônio, ou seja, os bens e direitos, como dinheiro em caixa, valores a receber, estoques, imóveis e equipamentos.

  • Passivo: a parte negativa do patrimônio, ou seja, as obrigações, como valores a pagar, empréstimos e financiamentos.

  • Balanço patrimonial: situação contábil da entidade em um momento específico, apresentando lucros, dividendos e patrimônio líquido.

  • Patrimônio líquido: é a diferença entre o ativo e o passivo, correspondendo à riqueza da entidade.

Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC) e Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE)

O DFC e o DRE são documentos que permitem a análise da condição econômico-financeira da entidade, a partir de formas distintas de registro contábil. Entenda melhor, a seguir.

  • Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC): é o registro diário das entradas e saídas do caixa da entidade, com os resultados finais. Apresenta entradas e saídas no dia em que de fato foram efetuadas as transações.

  • Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE): é o relatório mensal, trimestral ou anual das receitas e despesas, de forma sintetizada, ou seja, demonstrando lucro ou prejuízo em determinado período de tempo. Leva em consideração o evento de transação, não o dia em que as entradas e saídas foram, de fato, efetuadas.

Dicas de contabilidade para não contadores

  • Se você ainda não abriu o seu negócio, analise com calma e muita pesquisa o tipo ideal de empresa e o regime tributário mais adequado para você. As opções disponíveis hoje no Brasil são: Microempreendedor Individual (MEI), Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real.

  • Use um software de contabilidade: há vários softwares disponíveis no mercado que tornarão a sua contabilidade mais fácil e eficiente. Algumas opções são a Alterdata e o Cont On.

  • Considere contratar a consultoria de um contador: em muitos casos, a consultoria de um especialista pode ser essencial para o seu negócio e também contribuirá bastante para o seu próprio aprendizado.

  • Estude: hoje, com tantas opções de artigos e cursos disponíveis on-line, muitas vezes grátis, não há desculpa para não se informar. Reserve um horário do dia ou da semana para se dedicar a esse aprendizado.

Como aprender mais

Você pode aprender mais sobre contabilidade com aulas on-line destinadas ao público em geral. Confira algumas opções de cursos gratuitos e pagos, abaixo.

Quer ir além da contabilidade para não contadores e fazer uma graduação ou pós-graduação na área? Confira aqui algumas opções de cursos de nível superior no Brasil.

Fonte: Universia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo