Prestação de serviços: como empreender nesse segmento

Setor é porta de entrada para a maioria dos empreendedores; saiba onde estão as oportunidades e como se preparar para esse mercado.

De acordo com dados divulgados em 2018 pelo Congresso Nacional de Jovens Empreendedores (Conaje), 57,3% daqueles que iniciam um negócio o fazem a partir do setor de serviços. Investimento inicial mais acessível e possibilidade de atuar mesmo com baixa qualificação são alguns dos fatores que estimulam a entrada nesse mercado.

Apesar da procura ser alta, se engana quem pensa que o setor está saturado. No início de 2019, o Sebrae já alertava que essa seria uma das áreas mais promissoras do ano, o que acabou se confirmando. Em 2020, não será diferente e há muito espaço para empreender prestando serviços, especialmente nas áreas de saúde, transporte e alimentação.

Importância da capacitação profissional para abrir uma empresa de serviços

Embora seja possível iniciar atividades no mercado de serviços sem muita experiência, são raros os casos daqueles que prosperam sem investir em capacitação profissional. É preciso estar constantemente atualizado sobre novas técnicas e ferramentas, fazer cursos livres e, se possível, ampliar o seu networking conversando com mais profissionais do segmento.

Em alguns mercados, a demanda por prestadores de serviço é tão alta que mesmo os iniciantes terão boas oportunidades. Contudo, é somente com a qualificação que eles poderão melhorar o trabalho o oferecer opções com maior valor agregado para os consumidores. Em outras palavras, sem qualificação as chances de que o seu negócio fique estagnado são grandes.

Contrato de prestação de serviços e sua importância

O empreendedor deve estar atento à formalização do negócio, especialmente no que diz respeito ao trato com os consumidores. Uma vez prestado, um serviço não pode ser “devolvido” – o tempo e mão de obra empregados nele já foram comprometidos. A falta de pagamento, portanto, gera prejuízos e eles são ainda mais significativos para quem está começando.

É por essa razão que o empreendedor precisa estar preparado. Os serviços devem ser prestados mediante contrato e as regras devem ser claras para todos, contemplando as medidas a serem tomadas em caso de inadimplência. Da mesma forma, o empreendedor deve oferecer todas as garantias legais com relação ao serviço prestado. Em caso de dúvidas, busque a orientação de um advogado para elaborar esse documento.

 

5 ideias de negócio para prestação de serviços

Se você está decidido a empreender e a prestação de serviços é a sua porta de entrada, vale destacar que algumas áreas estão em alta no mercado. Atente-se a alguns desses diferenciais para conseguir destaque já nos seus primeiros meses de atuação.

1. Atendimento em domicílio

Independentemente da sua área de atuação, se for possível oferecer atendimento em domicílio para os seus serviços então você já tem um diferencial. É cada vez maior o número de pessoas que prefere receber profissionais em casa a se deslocar até um estabelecimento.

Sendo assim, esta é uma oportunidade para profissionais de saúde, cabeleireiros, manicures, pedicures, reparadores de instalações elétricas e hidráulicas, mecânicos de automóveis, organizadores de eventos e fornecedores de alimentos e bebidas.

2. Prestação de serviço às empresas

A partir do momento que você formaliza o seu negócio, ainda que seja como MEI, passa a ter um CNPJ. Isso permite a emissão de notas fiscais e a possibilidade de prestar serviço para outras empresas. A terceirização de tarefas está alta no mercado e essa pode ser uma oportunidade de recolocação profissional, atendendo a vários clientes simultaneamente.

Serviços de apoio administrativo, entregas de documentos e mercadorias, promoção de marketing direto, representação de vendas, organização de eventos e fornecimento de alimentação são algumas das possibilidades para considerar.

3. Saúde, transporte e educação

Entre todas as áreas, saúde, transporte e educação são as que apresentam maior demanda na atualidade e, consequentemente, maior número de oportunidades. Se você é especializado em alguma área pode aproveitar o seu conhecimento para ministrar cursos e palestras em empresas. Oferecer capacitação profissional também é um bom caminho.

Em se tratando de transporte, não são apenas os aplicativos as únicas opções. Você pode profissionalizar o negócio oferecendo serviços de transporte escolar ou de cargas, além de leva-e-traz para pet shops ou acompanhamento personalizado para idosos.

4. Serviços de Informática

É praticamente impossível hoje trabalhar em qualquer área que seja sem um computador ou smartphone. Esses equipamentos estão sujeitos a problemas, sejam eles de software ou hardware, e especialistas são cada vez mais requisitados para repará-los. Porém, a manutenção aqui está longe de ser a única possibilidade.

Para os programadores, o desenvolvimento de software ou a criação de websites são campos em franca expansão. Há oportunidades em terceirização, em projetos sob demanda ou mesmo na criação de aplicativos próprios que possam se tornar diferenciais de mercado.

5. Serviços e itens de necessidade básica

Tudo aquilo que impacta no dia a dia da maioria das pessoas pode ser considerado um serviço que atende às necessidades básicas. Por exemplo, fornecer produtos para confeitarias e padarias – bolos, tortas e salgados -, itens de vestuário ou alimentação congelada são alternativas viáveis para quem está começando.

Na maioria dos casos, o investimento inicial é baixo e é possível recuperar os valores com rapidez. Buscar qualificação para oferecer um leque maior de produtos ou, ainda, itens de melhor qualidade são diferenciais a se considerar para se destacar em qualquer uma das áreas ligadas aos serviços essenciais.

Resolver problemas é o melhor caminho

Quando prestamos um serviço estamos utilizando o nosso conhecimento para resolver problemas para outras pessoas. Seja oferecendo alimentação, reparo em um automóvel ou cortando um cabelo, falamos de ações que requerem especialização para a prática e que resultam em economia de tempo para o consumidor.

Por essa razão, tenha em mente sempre dois objetivos na prestação de serviços: a qualificação é essencial e economizar o tempo do consumidor é um diferencial.

A partir desses dois pilares é possível criar inúmeras oportunidades. Sendo assim, invista em conhecimento e no bom atendimento aos seus clientes para prosperar.

Fonte: https://blog.sage.com.br/prestacao-de-servicos-como-empreender-nesse-segmento/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Voltar ao topo